Home / Brasil / Xeque-Mate: Hildon Chaves exonera da PMPV todos os comissionados de Edgar do Boi
Últimas Notícias

Xeque-Mate: Hildon Chaves exonera da PMPV todos os comissionados de Edgar do Boi

Compartilhe agora

364 – A relação conturbada entre o prefeito Hildon Chaves (PSDB) e Edgar do Boi (DC) chegou ao limite no imaginável.

Edgar do Boi e Hildon Chaves em 2016 prometeram aos milhares de porto-velhenses que iriam cuidar de Porto Velho

O ex promotor de justiça do MP/RO resolveu de uma só canetada, exonerar todos os comissionados que ainda restavam no gabinete do vice prefeito de Porto Velho.

Aliados de primeira hora nas eleições de 2016 na capital a dupla “Chaves e Boi” venceram o pleito passado de forma avassaladora, não dando chances para os demais candidatos tanto no primeiro bem como no segundo turno.

A relação de “amor e ódio” ganhou proporções maiores após o suposto envolvimento de Edgar do Boi no esquema da JBS/Friboi, que foi noticiado nos principais veículos de comunicação, além do destaque no Jornal Nacional da Rede Globo.

O gabinete e a residência do vice-prefeito de Porto Velho, Edgar Nilo Tonial, o “Edgar do Boi”, sofreram devassa na manhã desta terça-feira (3), durante a Operação Boi Gordo, realizada pela polícia civil e GAECO- MP/RO. No início do mandato Edgar do Boi foi denunciado em um possível esquema milionário de corrupção operado pelo grupo JBS/FRIBOI.

A Operação Boi Gordo, o MP/RO investiga crimes contra a administração pública, a exemplo de crimes de corrupção, ativa e passiva, falsidades ideológica e documental, dentre outros, em desfavor do Erário Estadual.

Agora resta saber… Qual será o próximo passo de Hildon Chaves? Informações dão conta que o vice prefeito havia entregado “Dossiê” perante os órgãos de controle e fiscalização em desfavor do ex promotor de justiça e de pessoas ligadas ao atual mandatário da capital.

Uma fonte ligada ao site Brasil364, afirmou que deveremos ter operação policial nos próximos dias na Prefeitura de Porto Velho o que levaria a prisão cautelar de ex auxiliares, assessores e gestores do município por suposto envolvimento em malversações de recursos públicos.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*