PoliciaPolíticaRondônia

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: Vítima de assédio sexual denúncia Secretário da SUGESP

Compartilhe agora

Mais um militar de alta patente é acusado de assédio sexual em Rondônia . Depois da denúncia que envolveu o ex comandate geral da PMRO Coronel Almeida, agora o atual secretário da SUGESP Coronel Carlos Lopes está no olho do furacão.


Veja o que foi dito pela vítima no Boletim de Ocorrência:

A VITIMA COMPARECEU NESTA DEAM INFORMANDO QUE É CASADA, O SUPOSTO AUTOR É CEL DA POLICIA MILITAR, ESTÁ SUPERINTENDENTE DA SUGESP, A VITIMA É CDS (CARGO COMISSIONADO), DURANTE DOIS ANOS E MEIO, APROXIMADAMENTE, ELA ESTEVE SUBORDINADA AO SUPOSTO AUTOR, NO AMBIENTE DE TRABALHO, FOI ASSEDIADA MORALMENTE E SEXUALMENTE PELO SUSPEITO, ELE, INDISCRETAMENTE, PERGUNTAVA SE A CALCINHA DELA ERA FIO DENTAL OU SE ESTAVA SEM CALCINHA, QUE ALGUMAS VEZES ELE MOSTROU O PÊNIS DELE RÍGIDO SOB A CALÇA, SE ESFREGOU NELA E PEDIA PARA ELA PEGAR NO ÓRGÃO GENITAL DELE, DIZENDO: “OLHA ISSO AQUI? QUERO TRANSAR, TÔ DOIDO PRA TRANSAR!…”, O SUPOSTO AUTOR SE ENCOSTAVA, SE ESFREGAVA E ACARICIOU AS COSTAS DELA, VERBALIZAVA O TEMPO QUE QUERIA TRANSAR COM ELA, COAGINDO E OPRIMINDO A VITIMA. QUE, MUITAS VEZES ELA TEVE QUE FICAR ALÉM DO HORÁRIO HABITUAL COM ELE PARA TRATAREM DE ASSUNTOS RELACIONADOS AO TRABALHO, POREM ERA OBRIGADA A FICAR OUVINDO “SACANAGENS”, FRASES DE CUNHO SEXUAL E PORNOGRÁFICO “QUERO COMER UM PRIQUITO…, QUERO COMER UM CU… SE AQUELA MENINA NÃO FOSSE TUA FILHA EU JÁ TINHA PEGADO…ENVIA FOTOS INTIMAS PARA MIM”. DIANTE DA SITUAÇÃO CONSTRANGEDORA, SENTIU-SE TORTURAS PSICOLÓGICAS,ACUADA, OPRIMIDA. COMO A VITIMA NÃO CEDEU AO ASSEDIO O SUPOSTO AUTOR PASSOU A DISCRIMINA-LA E ISOLAR DO GRUPO, IMPEDINDO QUE ELA DESEMPENHASSE O TRABALHO DELA. COMO PUNIÇÃO FOI EXONERADA DO CARGO. DEVIDO A SITUAÇÃO DESENVOLVEU PROBLEMAS EMOCIONAIS, CID F43.0, TOMA REMÉDIOS CONTROLADOS.

Matéria em andamento.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora