Home / Brasil / Uender Nogueira (PSL) chama o Governador Marcos Rocha de mentiroso e fraco
Últimas Notícias

Uender Nogueira (PSL) chama o Governador Marcos Rocha de mentiroso e fraco

Compartilhe agora

O vereador da Câmara Municipal de Rolim de Moura (RO), Uender Nogueira (PSL) na tarde desta segunda-feira (14), em sessão ordinária na Casa de Leis da Capital da Zona da Mata, foi enfático ao chamar o Governador do Estado de Rondônia, Marcos Rocha (PSL-RO), de mentiroso, fraco e acima de tudo sem planejamento. O parlamentar municipal fez ácidos comentários ao fictício orçamento estadual, que iria reposicionar o salário dos professores de Rondônia com o teto nacional. Ledo engano aos abnegados servidores da educação, que estavam sonhando com R$ 1.000,00 Reais a mais na conta bancária neste próximo mês.

Entretanto, o Coronel Marcos Rocha, foi as redes sociais dizer que não tem “dinheiro” e que somente poderia passar uma ajuda de R$ 100 Reais aos professores do Estado. A indignação do legislador pesselista de Rolim de Moura (RO) não parou por aí. Assemelhou a atitude do Governador Marcos Rocha, como uma “palhaçada” viralizada na rede mundial de computadores. O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa de Leis de Rolim de Moura, Uender Nogueira, classificou ainda mais esse episódio do governador pesselista com os professores de Rondônia, como: “fraco de espírito”.

O correligionário de Marcos Rocha mostrou o quanto o povo da Capital da Zona da Mata está insatisfeita com a administração pública pesselista nesses últimos 10 meses na frente do Poder Executivo de Rondônia. Promessas de campanha eleitoral para a saúde, educação e segurança pública não são realizadas e pequenas ações de infraestrutura para a população que agrega mais de seis municípios e alguns distritos está fora dos planos de execução do governo, que vem declarando falência a cada reunião com autoridades em Brasília (DF) e não em Rondônia. Uender criticou veemente as viagens de Marcos Rocha e a sua STAFF para se encontrar com o seu amigo e Presidente do Brasil Jair Bolsonaro (PSL).

O racha no PSL do Estado ficou mais evidente nesta sessão ordinária de segunda-feira (14). Após Uender Nogueira enfatizar que os vereadores da Capital da Zona da Mata estão na linha de frente e como para-choques surrados diante dos imensos conflitos sociais na região, não tem como mais suportar a “porta na cara” e as lamentações de que os governos anteriores acabaram com a gestão. Da tática à prática, Uender Nogueira descreveu o perfil político do vice-governador Zé Jodan (PSL), que faz parte desta área geográfica estadual, na visão analítica do parlamentar municipal Uender Nogueira, é apenas um correspondente de demandas com resultados negativos as comunidades urbanas e rurais de Rolim de Moura.

Sobretudo, o vereador Uender Nogueria indicou a troca do vice-governador Zé Jodan por um deputado estadual do município de Cacoal (RO), cidade esta que em meados da década de 80 era quem mandava administrativamente na Capital da Zona da Mata e nos demais municípios daquela região. O parlamentar de Rolim de Moura, citou ainda as possíveis práticas de improbidade administrativa envolvendo o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) prestando serviços em terras dos familiares dos pesselistas do Poder Executivo. Denúncias essas que foram protocoladas na Assembleia Legislativa.

O vereador Uender Nogueira exigiu ação imediata do governador Marcos Rocha, ou o Estado vai explodir por tanta falta de planejamento. E que Zé Jodan pare de lamentar e torne-se de fato um vice-governador a altura ou nos patamares do vice-presidente do Brasil Hamilton Mourão (PSL).

Fonte: mapping/maiquepinto


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*