Temendo perder o mandato, bolsonarista Daniel Silveira pede perdão aos ministros do STF

Compartilhe agora

Iniciada no final da tarde desta sexta-feira (19) a sessão parlamentar na Câmara dos Deputados que decidirá pela manutenção ou relaxamento da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), o próprio teve 15 minutos para se defender.

Diferentemente do tom alto e agressivo costumeiramente utilizado por ele, Silveira se mostrou calmo, pedindo desculpas repetidamente por ter falado de modo violento contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), fazendo até mesmo ameaças, o que motivou sua prisão.

“Assisti ao vídeo três vezes e vi que me excedi na fala. Peço desculpas a todo o Brasil, todos os juristas renomados, senhoras adolescentes que perceberam que me excedi na fala. Peço desculpas a qualquer brasileiro que tenha se ofendido, mas já me arrependi”, disse.

Na tentativa de conquistar votos por sua soltura, o deputado defendeu ter agido de forma passional e questionou: “o ser humano vai de 0 a 100 em segundos. Quem nunca fez isso na vida?”. Há a possibilidade que, além da manutenção da prisão do deputado, seu mandato possa ser cassado posteriormente.

Ele também disse reconhecer a importância do STF. “Mais uma vez peço desculpas pela minha fala reconhecendo e reconheci sempre a importância do Supremo Tribunal Federal”.

Fonte: Brasil247


Compartilhe agora