PolíticaPorto VelhoRondônia

SUCESSÃO ESTADUAL: Vinicius Miguel demonstra força através de importantes adesões em Rondônia

Compartilhe agora

364 – O então considerado nanico Vinicius Miguel (PSB), mostrou musculatura nas últimas semanas.

Vinicius foi o primeiro dos pré-candidatos ao Governo a se anunciarem.

Vem acertando, segundo opiniões da imprensa e especialistas ao ter migrado para um partido maior, com solidez e uma bancada de deputados.

O PSB possui mais de 40 vereadores pelo Estado, além de 3 deputados estaduais e a liderança do deputado federal Mauro Nazif.

A despeito de boatos plantados pela assessoria de outros pré-candidatos, Vinicius conseguiu apresentar a adesão de um grande grupo.

Dois ex-deputados federais, Fátima Cleide e Anselmo de Jesus se somam ao projeto.

Recentemente, o ex-Governador Daniel Pereira declinou da própria pré-candidatura para incorporar-se no que poderá ser uma grande coligação.

Um dos maiores articuladores da campanha, ao lado do Deputado Federal Mauro Nazif, tem sido o ex-deputado estadual Cleiton Roque.

Ao time, se juntaram dois ex-candidatos à Prefeitura da capital e outrora adversários, Ramon Cujuí (PT) e Samuel Costa (PCdoB), ambos, possíveis candidatos ao Senado e a Deputado Federal.

Outras adesões que vem do Estado todo são as militâncias sindicais do SINTERO (o próprio Vinicius é professor na Unir) e da Fetagro, com a chancela de toda uma militância organizada em todos os municípios do Estado.

Se antes, a crítica e possivelmente, a maior dificuldade de Vinicius eram alguns segmentos onde era desconhecido, agora, ele vem ganhando espaço pouco a pouco.

Diferentemente das demais pré-candidatura que tem ido para embates, Vinicius tem ido de forma silenciosa e conseguido demonstrar capacidade de aglutinar de uma esquerda que parecia sem lideranças até segmentos insatisfeitos da direita em Rondônia.

Nos bastidores, Vinicius é tido como um excelente profissional, exímio advogado, que ganhou notoriedade com performances admiráveis em debates.

Sua filiação no PSB causou euforia nos apoiadores e angústia em adversários. Nenhum concorrente tem dúvidas que ele não deve ser subestimado.

Agora, é aguardar para saber se ele confirmará sua pré-candidatura ao Governo.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora