Retratação judicial de Brunno Oliveira em face do SINJUR

Compartilhe agora

RETRATAÇÃO

Processo: 7016249-80.2021.8.22.0001

Venho publicamente me retratar da postagem publicada na minha página do facebook, onde eu posto a seguinte mensagem: ”Agora está explicado porque a comissão eleitoral só faltava bater na gente, 27 mil cruzeiros”, nos seguintes termos:
1- Não houve nenhuma citação ao nome dos membros da comissão eleitoral MOACIR DA CRUZ SANTOS e SOLANGE GONÇALVES, o comentário foi genérico, impessoal, institucional e apenas comentando a situação política do nosso sindicato Sinjur, durante o período eleitoral, não foi de forma alguma pessoal e direcionado aos mesmos, caso fosse assim, todos os 07 (sete) membros da comissão eleitoral teriam se sentido constrangidos e isso não ocorreu.

2 – A minha intenção não foi ofender nenhum membro da comissão eleitoral, pois, não tenho nada contra os mesmos, pelo contrário, respeito e tenho consideração pelos profissionais que são, inclusive somos colegas de trabalho, no entanto, o meu objetivo foi demonstrar a minha insatisfação com o trabalho realizado pela comissão eleitoral na eleição do Sinjur em 2021, que deixou a desejar.
3 – Nunca tive nenhum desentendimento, desavença ou qualquer tipo de litígio seja judicial, extrajudicial ou pessoal, com os senhores MOACIR e SOLANGE, houve apenas um mal entendido no ponto de vista ideológico e político.
4 – Quanto a matéria publicada no site Brasil364, “Diretoria do Sinjur se esquiva e não responde gastos com a comissão eleitoral” (https://brasil364.com.br/diretoria-do-sinjur-ro-disfarca-e-nao-responde-quanto-pagou-pra-comissao-eleitoral) onde sou apontado como o autor, essa matéria não é de minha autoria. E já houve inclusive retratação do querelado nesse mesmo sítio eletrônico.
Para que não pairem dúvidas sobre esse assunto, reafirmo que nunca tive a intenção de ofender nenhum membro da comissão eleitoral, muito menos os senhores Moacir e Solange, que não tiveram em nenhum momento os seus nomes citados. Destacando que houve apenas um mal-entendido.

Porto Velho, 17 de maio de 2021.

Brunno Oliveira da Silva Bermeu
Assinatura


Compartilhe agora