Prefeitura de Porto Velho não faz repasse do subsídio e portovelhenses podem ficar sem ônibus nas próximas horas

Compartilhe agora

Sindicato deve paralisar atividades e iniciar movimento paredista a partir de amanhã

364 – Mais uma vez o transporte coletivo de passageiros urbanos de Porto Velho ameaça parar. A empresa que venceu a licitação ainda não recebeu a parcela do subsídio tarifário da Prefeitura e não honrou o pagamento dos trabalhadores, referente ao mês de abril 2021.

O Sitetuperon, sindicato representativo dos trabalhadores do transporte coletivo urbano, está sabendo da situação e deve articular uma paralisação das atividades até resolução do impasse.

O subsídio tarifário foi votado pela Câmara Municipal para evitar a rescisão contratual da concessionária, que está enfrentando uma verdadeira crise por falta de passageiros, decorrente da pandemia do novo coronavírus.

O subsídio aprovado no Valor de R$ 6 milhões e vai garantir tarifas mais baratas ao passageiro até 31 de dezembro de 2021.

Desde hoje 10.05, a tarifa cobrada na capital por conta do subsídio é de R$ 1. Do jeito que está o contrato pode até ser rescindido pela empresa por falta de pagamento e Porto Velho voltar a ficar sem coletivo.

Vale ressaltar que a primeira parcela do subsídio é de aproximadamente 1.5 milhões de reais e até o presente momento a gestão de Hildon Chaves (PSDB) não cumpriu com sua obrigação.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora