PERSEGUIÇÃO: Jornalista que questionou Bolsonaro sobre rachadinha de Flávio será demitido

Compartilhe agora

O prefeito Tião Bocalom vai exonerar o jornalista João Renato Jácome, que ocupa a Chefia de Gabinete da Secretaria de Meio Ambiente de Rio Branco. A informação foi dada pelo próprio prefeito ao repórter Adailson Oliveira, da TV Gazeta.

O repórter estava a serviço do jornal O Estado de S. Paulo quando perguntou a Jair Bolsonaro, nesta quarta-feira, o que ele achava de o STJ ter anulado a quebra do sigilo bancário do senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente investigado pela prática de rachadinhas.

O presidente estava no Acre anunciando ajuda financeira ao estado e prefeituras para conter a epidemia de dengue, cheias dos rios e pandemia de Covid.

Bolsonaro não respondeu., pegou o microfone e, perante a várias autoridades, encerrou a coletiva de imprensa, contrariando o Cerimonial ainda no Aeroporto Internacional de Rio Branco, antes de embarcar de volta para Brasília.

Bocalom entende que, como assessor da prefeitura, o jornalista não podia ter constrangido o presidente, “especialmente por que ele (Bolsonaro” “veio ao Acre para ajudar”. (…)

Fonte: DCM


Compartilhe agora