Família nega que Marcelo Bennesby tenha tido morte cerebral em UTI de Porto Velho

Compartilhe agora

364 – O jornalista e apresentador do programa Fala Rondônia do SGC Rondônia, filiada à Rede TV, Marcelo Bennesny, após ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC), contraiu a Covid-19, durante o tratamento na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em um hospital particular na capital do Estado de Rondônia, Porto Velho.

O jornalista Roberto Kuppê afirmou que o renomado jornalista e apresentador nascido na Pérola do Mamoré, mais precisamente no município de Guajará-Mirim/RO teve, lamentavelmente morte cerebral.

Marcelo Bennesny atua, por décadas, em diversas emissoras de TV em Rondônia, é reconhecido por sua desenvoltura e franqueza ao cobrar das autoridades ações que visam melhorar a vida do cidadão rondoniense.

O Jornal Diário da Amazônia que é ligado ao SGC empresa jornalística a qual Bennesny faz parte, emitiu a seguinte nota:

O novo boletim médico sobre o quadro de saúde o jornalista Marcelo Bennesby informou que continua sedado em UTI, e será feito procedimento de traqueostomia para ajudar na respiração mecânica. Exame de tomografia realizado na manhã desta sexta-feira (22) indicou a existência de novo sangramento no cérebro. Não foi possível verificar a atividade cerebral porque está sob efeito de sedativos.

Bennesby está internado em UTI de um hospital particular de Porto Velho desde o dia 1 de janeiro deste ano, quando sofreu AVC (Acidente Vascular Cerebral). Durante o tratamento contraiu infecção hospital, pneumonia e Covid-19. O estado de saúde é bastante delicado.

Sistema SGC Rondônia.

Fonte: Brasil 364 com Informações de Roberto Kuppê


Compartilhe agora

Comentários