Home / Brasil / Falas de Bolsonaro contra quarentena podem ter matado mais seus eleitores, mostra estudo
Últimas Notícias

Falas de Bolsonaro contra quarentena podem ter matado mais seus eleitores, mostra estudo

Compartilhe agora

Bolsonaro foi mais letal com seus próprios eleitores do que com seus antagonistas. Em quase todas as ocasiões em que o ex-capitão minimizou a pandemia, a taxa de isolamento social no Brasil caiu – e mais pessoas morreram nos municípios que mais votaram em Bolsonaro em 2018.


A reportagem do jornal Folha de S. Paulo informa a origem do estudo: “a conclusão é do estudo “Ideologia, isolamento e morte: uma análise dos efeitos do bolsonarismo na pandemia de Covid-19”, de quatro pesquisadores da Universidade Federal do ABC (UFABC), da Fundação Getúlio Vargas e da Universidade de São Paulo.”

A matéria ainda acrescenta que “o trabalho sustenta que a votação do presidente no primeiro turno, por município, tem correlação negativa com a taxa de isolamento; e correlação positiva com mortes por Covid-19. Em resumo, onde Bolsonaro teve mais votos, o isolamento tem sido menor —e o número de óbitos, maior.”

Fonte: Brasil247


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*