Home / Brasil / EXCLUSIVO: Bolsonaro mente e passagem aérea comprova que voltou para o Rio de Janeiro no dia da morte de Marielle
Últimas Notícias

EXCLUSIVO: Bolsonaro mente e passagem aérea comprova que voltou para o Rio de Janeiro no dia da morte de Marielle

Compartilhe agora

As mentiras do presidente Jair Bolsonaro e do filho Carluxo estão vindo à tona… Primeiro Carluxo divulgou um áudio falso, com porteiro falso e conversa falsa.

Depois o presidente disse que não conhecia os suspeitos de matarem Marielle, o Rony Lessa é o Elcio Queiroz, mais uma mentira, porque o filho de Bolsonaro mais novo, namorou a filha de Lessa, seu amigo e vizinho de condomínio no Rio de Janeiro.

Misteriosamente a Polícia do RJ perde informações e dados sobre a investigação… Carluxo omite que havia discutido com vereadora e assessor, porteiro cita que Seu Bolsonaro que autorizou entrada de assassino de Marielle.

Logo após a explosão dos fatos o Carluxo excluiu suas contas do Instagram, Twitter, Facebook e pegou viagem para fora do Rio de Janeiro.

O pitbull do presidente também mentiu dizendo que não estava em casa no dia que o suposto assassino, mas a polícia descobriu que estava sim.
No mesmo dia, Bolsonaro havia comprado dois bilhetes aéreos com destino ao Rio, ambos pela Gol: um de código WQ2GUH, com destino ao aeroporto Santos Dumont e outro, de código YG3JQI, dirigindo-se ao Galeão. O do Santos Dumont, no dia seguinte, foi estornado, possivelmente por não ter sido usado.

A Câmara Federal ressarciu o presidente e pagou o valor de R$1.000 mil pela passagem.
Pelas mídias sociais, o advogado Eduardo Goldenberg trouxe a tona um tuíte de 14 de março de 2018, da repórter da Revista Piauí, Thais Bilenky e que pode causar ainda mais confusão para a família presidencial. Um voo de BSB para o Rio demora cerca de 1 hora.
Esta conversa cada dia fede mais!!!
Quem mandou matar Marielle?

Fonte: ThalitaMoema


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*