Esposas dos presos exigem retomada convencional de visitas em Rondônia

Compartilhe agora

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) informa que o movimento das esposas dos presos da capital, Porto Velho, já se reuniu oficialmente com esta pasta e a manifestação em frente ao Palácio Rio Madeira, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 15, se deu porque as exigências do grupo não foram atendidas.

As esposas querem a retomada das visitas convencionais, sem regulagem acerca da quantidade de pessoas que entram nas unidades prisionais em dias de visita, fato que iria extrapolar a quantidade limite prudencial de pessoas nestes locais, colocando em risco a saúde dos detentos, bem como dos próprios servidores, tendo em vista o fato de que o Estado ainda luta contra a pandemia causada pelo coronavírus.

https://www.instagram.com/tv/CT2As4BD_cn/?utm_medium=copy_link

Ainda em tempo, a Sejus informa que as visitas estão regularizadas e todos os cuidados sanitários estão sendo cumpridos à risca, de modo a garantir a saúde dos presos e servidores da Sejus. Enquanto a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) e a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) mantiverem as atuais recomendações sanitárias em relação ao combate à pandemia, as visitas continuam na formatação atual.
 

Fonte: Assessoria SEJUS


Compartilhe agora