Eduardo Bolsonaro se justifica depois de post sobre neto de Lula

Compartilhe agora

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), tentou justificar o comentário que fez sobre a liberação de Lula para o velório de seu neto, Arthur, de sete anos, que faleceu na sexta-feira, 1, em função de uma meningite bacteriana. Criticado até mesmo por aliados, o político tentou reverter a situação que não pegou nada bem para ele.

Depois de ter dito que o ex-presidente deveria ser tratado como um preso comum, sem privilégios, mesmo diante da morte de uma criança, o deputado começou a ser alvo de criticas até de apoiadores, por sua falta de sensibilidade com a situação.

Para tentar reverter a imagem ruim, ele voltou ao Twitter dizendo que ‘por questão de isonomia com os demais presos’ Lula não deveria sair da cadeia para ir ao velório. No entanto, uma reportagem publicado no jornal O Estado de S. Paulo, mostra que mais de 12 mil saídas como a do petista são liberadas por mês em presídio do país.

Fonte: Catracalivre


Compartilhe agora

Comentários