Home / Brasil / Briga entre mega empresário Véio da Havan e professor Samuel Costa vira meme na net
Últimas Notícias

Briga entre mega empresário Véio da Havan e professor Samuel Costa vira meme na net

Compartilhe agora

Luciano Hang é defensor do Governo Bolsonaro, enquanto Samuel Costa, esquerdista de carteirinha, defende o ex-presidente Lula e o PT.

Porto Velho, RO – E as redes sociais não perdoam e TRETA entre o jornalista e professor Samuel Costa, contra Luciano Hang, o Veio da Havan está rendendo nas redes sociais com memes e comentários para os dois lados.

Entenda a TRETA o Mega empresário e Samuel Costa, que é de Rondônia e mora em um bairro simples da capital rondoniense.

  • Após a batalha judicial entre Luciano Hang e Samuel Costa, memes começam a circular na internet

ENTENDA O CASO:
Luciano Hang é defensor do Governo Bolsonaro, enquanto Samuel Costa, esquerdista de carteirinha, defende o ex-presidente Lula e o PT.

Hang ingressou no 1º Juizado especial Criminal contra Samuel Costa acusando-o de crimes de calúnia, injúria e difamação nas redes sociais.

O juiz Gilberto Gil de Oliveira agendou audiência de tentativa de conciliação para o dia 6 de março deste ano, no Fórum Desembargador César Montenegro, em Porto Velho.

MOTIVO DA BRIGA

A briga entre Luciano Hang e o portovelhense Samuel Costa começou quando o empresário colocou uma faixa num avião com a inscrição Lula Ladrão. A intenção era percorrer o Brasil divulgando a faixa.

De Porto Velho, Samuel fez uma postagem, que se tornou viral na internet, com mais de cinco mil compartilhamentos, devolvendo a ofensa e chamando Luciano Hang de ladrão.

Para Samuel, seria o caso de “um ladrão falando do outro”. O jornalista, professor e ativista rondoniense diz que Luciano Hang possui uma condenação judicial de 15 anos e oito meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro e a ordem tributária, que incluiriam sonegação de imposto e evasão de divisas.

Fonte: OObservador


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*