Daniel Silveira estaria arrependido e decepcionado com o abandono de Bolsonaro

Compartilhe agora

364 – O Deputado Federal bolsonarista Daniel Silveira (PSL/RJ) demonstrou não ter o mínimo de boa relação com seus pares da Câmara Federal, onde recebeu 364 votos de 513 pela manutenção de sua prisão, proferidas pelo Ministro Alexandre de Moraes e confirmada por, unanimidade, pelo pleno do Supremo Tribunal Federal.

Uma fonte ligada ao portal Brasil 364 disse que Daniel Silveira estaria tendo crise de tristeza profunda, arrependido, amargamente, por ter se excedido em face dos ataques ao estado de direito democrático e suas instituições.

Silveira teria confidenciado a um amigo íntimo que estaria desapontado com o Presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), onde o Chefe do Executivo não teria, sequer, emitido uma nota ou uma mensagem em seu favor.

Nem os correligionários do partido de Silveira e seus amigos de bancada de seu Estado de origem (Rio de Janeiro) teriam comprado a ideia de que a Câmara dos Deputados avocasse para si a suspensão da prisão decretada pela Suprema Corte.

Apoiadores de Daniel Silveira já reconhecem que o parlamentar sofrerá penalidades tanto pelo Conselho de Ética e, por seguinte, pelos seus pares do plenário da Câmara dos Deputados.

Daniel Silveira sempre foi um fiel escudeiro de Jair Bolsonaro

Daniel Silveira em self com Jair Bolsonaro no avião oficial da Presidência da República Federativa do Brasil

“Depois da inércia de Bolsonaro ficou evidenciado que o Presidente só se preocupa com ele mesmo e seus filhos, abandonou Daniel Silveira que sempre foi leal e o jogou, literalmente, nas covas dos leões”, disse um simpatizante de Silveira, que não quis se identificar.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora