Coronafest: Blogueiras que pregam o ‘fica em casa’ são flagradas em festa clandestina em Porto Velho

Compartilhe agora

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), com o apoio da Prefeitura de Porto Velho, relizaram mais uma operação na noite de fiscalizações aos estabelecimentos comerciais e locais que promovem aglomerações de pessoas, cumprindo a Operação Consciência, que tem o objetivo de cumprir o Decreto n° 25.831, que altera e revoga os dispositivos do Decreto nº 25.782, que institui o Sistema de Distanciamento Social Controlado, para fins de prevenção e enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus.


Para combater as aglomerações e acabar com as ‘famosas’ festas clandestinas, ou ‘CoronaFest’, as equipes foram dividas em grupos para percorrerem os principais pontos da capital. Ao total, conforme divulgou o Governo do Estado de Rondônia, foram quase 70 estabelecimentos comerciais fechados.

A ação coordenada pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBM), utilizou cerca de 63 efetivos, da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Sesdec, Programa de Orientação, Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), sendo utilizadas mais de 20 viaturas para fiscalizar estabelecimentos comerciais e locais públicos que poderiam estar com aglomeração de pessoas. A fiscalização foi feita nas principais zonas da Capital.

Conforme divulgado pelo estado: Na zona Sul, uma farmácia na avenida Jatuarana foi notificada por descumprir as medidas estabelecidas em decreto e um restaurante recebeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). No bairro Cidade do Lobo, na avenida Campos Sales, as equipes flagraram um jogo de futebol, atividade esportiva em equipe proibida por decreto, durante a pandemia do coronavírus. O futebol clandestino envolvia cerca de 30 pessoas que foram orientadas a deixar o local. Na zona Leste, pessoas que estavam aglomeradas no Skate Park, também foram orientadas a dispersar.

No entanto, o fato que mais chamou a atenção foi uma festa clandestina que acontecia em uma famosa boate de Porto Velho, que descumpriu o decreto e através de denúncias as autoridades foram até o local e acabaram com a ‘brincadeira da turma’.

O evento irregular acontecia em um estabelecimentos próximo à avenida Imigrantes. Quando a policia chegou, a multidão foi dispersada e o local ficou vazio.

Assista ao vídeo abaixo.

https://www.instagram.com/tv/CLVEvI5jDUO/?igshid=24e9v3036u8q

Diversas blogueiras que pregam o ‘fica em casa’ estavam no evento clandestino. Outro fato inusitado é que uma delas chegou a publicar que ‘estava em casa’, para tentar despistar sua presença no evento.

Uma assessora parlamentar de um Deputado Estadual de Rondônia também estava no local.

Revoltado, o secretário de Estado da Saúde publicou um vídeo afirmando “Quem está pulando hoje vai enterrar seus parentes daqui a quinze dias”.

Fonte: EUIDEAL


Compartilhe agora

Comentários