COFRE DA PREFEITURA – Hildon Chaves tentar passar Projeto de Lei que vai garantir R$ 6 milhões para empresa de transporte coletivo

Compartilhe agora

364 – O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves (PSDB), apresentou nesta semana um Projeto de Lei à Câmara de Vereadores, onde solicita a autorização para repassar dinheiro público à empresa de transporte coletivo que atua na cidade.

De acordo com Chaves, esse repasse financeiro se faz necessário para garantir que o serviço de transporte coletivo siga sendo realizado, uma vez que os números de passageiros não são suficientes para garantir o equilíbrio econômico da empresa.

O valor total desse subsídio é de quase R$ 6 milhões que serão transferidos, parceladamente, há cada mês, isso, caso o Projeto seja aprovado pelos vereadores, que já estão sofrendo pressão da opinião pública para barrar a proposta do prefeito.


Entre os pontos estranhos desse Projeto de tamanha relevância aos cofres do Município está a forma açodada que a pauta está sendo encaminhada na Casa de Leis, uma vez que a votação já está na Ordem do Dia desta terça-feira (6).

Duas audiências Públicas para analisar o tema foram marcadas às pressas nesta manhã, deixando a população de fora do debate.

De acordo com o advogado Caetano Neto, essa medida do prefeito irá prejudicar diretamente o serviço de táxi compartilhado, aplicativos de mobilidade urbana e mototaxistas, uma vez que a categoria terá de competir com uma empresa que receberá milhões da prefeitura.

“O pano de fundo é arrebentar essa rede de táxi compartilhado, aplicativos de mobilidade urbana e mototaxistas. Eu vou tomar as devidas providências, porque uma decisão dessa precisa ser debatida de forma ampla com a comunidade e dá forma como está sendo feita”, disse Caetano Neto.

Uma mobilização nas redes sociais está sendo realizada cobrando que os vereadores não aprovem esse subsídio, porém, a expectativa é que o Projeto de Lei passe sem grandes problemas no Parlamento Mirim, uma vez que Hildon Chaves conta com a maioria na Casa.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora