Home / Brasil / CARLOS BOLSONARO POSTA IMAGEM DE UMA PORCA E JOICE HASSELMANN, DE VEADO NO TWITTER
Últimas Notícias

CARLOS BOLSONARO POSTA IMAGEM DE UMA PORCA E JOICE HASSELMANN, DE VEADO NO TWITTER

Compartilhe agora

O racha entre aliados do presidente Jair Bolsonaro ganhou contornos de briga de jardim de infância neste domingo (20). O vereador licenciado Carlos Bolsonaro, o Carluxo, compartilhou no Twitter imagem de uma porca, uma cobra e uma galinha, entre outros bichos. A deputada federal Joice Hasselmann, por sua vez, postou veados e ratos.

Como é público, Joice Hasselmann (PSL/SP) ganhou de desafetos o gordofóbico apelido de Peppa Pig, em alusão ao personagem de desenho animado.

Carlos Bolsonaro (PSC/RJ) teve os boatos de uma suposta homossexualidade aumentados depois que um vídeo onde aparecia ao lado do primo Leo Índio viralizou na web. Na gravação, Índio fazia uma declaração carinhosa e chamava Carlos Bolsonaro de Carluxo, apelido que também pegou e virou referência para se referir ao filho do presidente da República.

No sábado, Joice Hasselmann trocou farpas com outro filho do presidente, o 03, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). O deputado federal convocou a militância bolsonarista a subir a hashtag “Deixadeseguira Pepa”.

Joice subiu o tom e respondeu a Eduardo apontando o fracasso da indicação do deputado federal ao cargo de Embaixador nos Estados Unidos.

“Picareta! Menininho nem-nem: nem embaixador, nem líder, nem respeitado. Um zero a esquerda. A canalhice de vocês está sendo vista em todo Brasil”.

Joice usou de xingamento homofóbico contra assessor de Bolsonaro

Na última quinta-feira, Joice Hasselmann e o assessor Especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Filipe G. Martins trocaram farpas no Twitter. Joice foi ao perfil de Martins no Twitter no início daquela madrugada e postou a seguinte frase. “El macho man… macho, macho man”.

O comentário da deputada do PSL aconteceu na sequência de uma postagem de Martins na mesma rede social. O assessor de Bolsonaro postou a frase “A choice not an echo”. A sentença é o nome de um livro que é referência para conservadores, publicado em 1964 pela norte-americana Phyllis Schlafly.

Joice teria entendido a postagem do conselheiro do presidente como um trocadilho com seu nome e uma indireta ao seu desempenho como líder do PSL no Congresso Nacional.

Filipe G. Martins também havia tuitado em defesa de Eduardo Bolsonaro. Ele apontou o filho do presidente como “o líder natural do PSL”. Joyce é a atual líder do partido no Congresso Nacional.

Fãs de Bolsonaro e do governo inundaram o perfil da parlamentar com críticas ao ataque no Twitter. Muitos questionavam a inclusão de um assunto pessoal (a orientação sexual de Filipe G. Martins) na discussão política.

Joice voltou ao Twitter e fez uma postagem em que declara respeito apenas aos “viados assumidos”.

“Respeito os viados assumidos. Os que são corajosos. Os que se escondem no conservadorismo, fazem pinta de machões escondidas em suas pseudo canetas e ficam mandando indiretas como se fossem “machos” não merecem meu respeito. Frouxo é frouxo, não importa o posto que tenha”.

Horas depois, Martins respondeu ao comentário de Joice com uma postagem do Pica-Pau fazendo o gesto que sinaliza loucura.

Horas depois, Martins respondeu ao comentário de Joice com uma postagem do Pica-Pau fazendo o gesto que sinaliza loucura.

O PSL vive uma guerra interna entre os apoiadores do presidente da República e os que defendem o presidente da sigla, Luciano Bivar. Na quarta-feira, depois de forte pressão de Bolsonaro, parlamentares do partido entregaram à mesa diretora da Câmara uma lista de assinaturas com o objetivo de destituir o Major Vitor Hugo, aliado de Bivar, da liderança na casa legislativa. No lugar, seria empossado Eduardo Bolsonaro, o “03” do presidente.

A crise já havia se agravado no último domingo. Jair Bolsonaro, sem saber que estava em uma Live no Facebook, cochichou no ouvido de um apoiador: “Esqueça o PSL. O Bivar está queimado”. Dois dias depois, uma operação da Polícia Federal para investigar o esquema de candidaturas laranjas teve o presidente do partido do presidente como alvo.

Fonte: Riogaylife/FelipeMartins


Compartilhe agora

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*