Bolsonaro participou de 84 aglomerações desde o início da pandemia e usou máscaras em apenas três ocasiões

Compartilhe agora

Jair Bolsonaro pode ter sido um dos grandes espalhadores da covid-19 no Brasil. Isso porque ele participou de pelo menos 84 aglomerações desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a pandemia da Covid-19 em 11 de março do ano passado, segundo aponta reportagem do jornal O Globo. “Em média, o chefe do Executivo brasileiro esteve presente em uma concentração de pessoas a cada 5,3 dias, algumas delas registradas na mesma data”, aponta o texto.

“Nas aglomerações contabilizadas durante 70 viagens e atos em Brasília, Bolsonaro usou máscara em apenas três ocasiões. Em quase todas as demais, o presidente posou para fotos em meio a multidões e cumprimentou seus apoiadores com apertos de mão e abraços. Ele ainda segurou crianças no colo e se alimentou sem cuidados de higienização, em desacordo com os protocolos sanitários preconizados por especialistas de saúde”, revela a reportagem.

Fonte: Brasil247


Compartilhe agora