Advogado vai à PF denunciar fakenews de membros da extrema direita em Rondônia

Compartilhe agora

364 – O advogado Arnaldo Lourenço ´Buiu´ apresentou uma queixa à Superintendência da PF em Rondônia para denunciar a disseminação de fakenews em perfis de membros da extrema direita em Rondônia. A fakenews a que se refere o advogado (que inclusive apresentou print da fraude), consiste numa denúncia vazia que coloca o ex-presidente Lula e os membros do STF como mandantes da tentativa de assassinato do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o advogado, ele não apenas acionou, mas interpelou a PF para que investigue a procedência dos autores das fakes, que ele considerou ´capcioso´. Arnaldo Lourenço disse que sua ação é em defesa à liberdade e à Democracia e não tem nada a ver com partido político ou ideologias político-partidárias. “Temos que defender a Democracia a todo custo. Faria esse ato, tanto fosse esquerda, centro, ou direita, ou qualquer um que atentasse contra a democracia”, reafirmou.

As provas e materialidade foram entregues para na sede da Superintendência da Polícia Federal para que autoridade policial tomem as devidas providências

“A Democracia não é de partidos políticos, nem de segmentos ideológicos. A Democracia é uma conquista da humanidade”, ressaltou.

Arnaldo se disse preocupado com a crescente onda de violência digital que promove o ódio e a desinformação, disseminadas através de atos criminosos, e agiu apenas como cidadão. “Fui à PF manifestar minha contrariedade e preocupação com essas tentativas de ruptura institucional”, ressaltou.
Para o advogado, denunciar o fato não se trata apenas de uma questão ideológica, mas também de uma verdadeira luta sem sangue, sem tragédia no sentido de proteger o bem mais caro conquistado em 1988 na Constituição Federal que é a democracia, com liberdade.

Arnaldo foi ouvido na delegacia e foi tranquilizado pelos agentes da lei que confirmaram realmente tratar-se de um fakenews e que a instituição está atenta a esses movimentos criminosos.

Fonte: Brasil364


Compartilhe agora