PolíticaPorto Velho

SINDEPROF debate pauta salarial 2022 dos servidores da PMPV

Compartilhe agora

A Diretoria do SINDEPROF iniciou na primeira quinzena de janeiro os debates na Secretaria Municipal de Administração (Semad) a pauta salarial de 2022 dos servidores públicos municipais.


As propostas estão sendo analisadas e submetidas a estudo de impacto em folha e já foram discutidas na reunião realizada no dia 23 de fevereiro, entre a comissão de negociação do sindicato e técnicos do Município.
As propostas do Grupo Educação serão apresentadas em conjunto com o Sinprof e o Sintero. Em março está prevista a terceira rodada de negociação entre o Sindeprof, representantes da Secretaria Geral de Governo (SGG), da Semad, e técnicos das duas secretarias.

Confira as principais propostas da pauta salarial de 2022
– Aumento do Auxílio-Alimentação para R$ 700,00
– Pagamento de licença prêmio em pecúnia negativa;
– Autorização ou concessão de Gratificação de Incentivo a Especialização a ACE´S e ACS´S. ➢ – Manutenção do pagamento de 40% aos servidores da saúde nos pós-pandemia.
– Reajuste de 15% na tabela salarial dos servidores dos técnicos de apoio (Semad)
-Reajuste no valor da insalubridade dos agentes de limpeza de 20% para 40%, tendo em vista processos judiciais ganhos.
– Reajuste no valor da Insalubridade dos agentes de limpeza de 20% para 40%, tendo em vista processos judiciais ganhos;
– Extensão de benefícios previstos na lei 360/2009 a todos os Instrutores de Arte;
– Tornam a Gratificação de Atividade Específica (R$ 300) e Gratificação de Mutirão permanentes;
– Aumento do percentual das gratificações (cargos) aos servidores do quadro efetivo, de 60% para 80%, do valor da gratificação do cargo.
– Gratificação de periculosidade a agentes de vigilância escolar e vigias.
– Autorização para ACE´S e ACE´S efetuarem plantões urbanos ou rural.
– Aumento no valor do plantão extra urbano e rural a servidores da saúde.
– Pagamento de licença-prêmio e férias não gozadas em pecúnia.
– Auxílio fardamento a ACS’S ACE’S, Semusb, Semob, Semad/DRL, Semagric e Sema.

– Incentivo aos servidores do Grupo Administrativo do Município.
– Extensão da licença prêmio aos ACS’s e ACE’S celetistas por prazo indeterminado.
– Extensão da gratificação de graduação e especialização aos servidores da SEMED.
– Apoio a proposta do CMTI do município.
– Alteração dos valores das diárias.

Reformulação dos PCCS dos servidores da saúde, grupo geral e educação, conforme o texto e tabelas abaixo:
O artigo 4º da lei complementar 364, de 30 de junho de 2010, passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 4º ……………………………
I – ……………………………………. II – ……………………………………
III – Classe C, corresponde aos cargos públicos de: Agente Municipal de Trânsito, Agente de Educação Ambiental, Cuidador Social, Educador Social e Recepcionista, que exigem formação de Ensino Médio completo;
IV – Classe D, corresponde aos cargos públicos: Assistente Administrativo, Técnico de Tecnologia da Informação, Desenhista Cadista e programador de Aplicações, que exigem formação de Ensino Médio completo e/ou Curso
Técnico;
V – Classe E, corresponde aso cargos públicos de Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico Agrícola, Técnico em Comunicação Social, Técnico de Nível Médio, Topógrafo, que exigem formação de Ensino Médio Completo e Curso
Técnico;
VI – Classe F, corresponde aos cargos públicos de Administrador, Advogado TNS, Economista, Técnico de Nível Superior, Geógrafo e Turismólogo, Técnico de Regulação Multimodal, Analista de aplicações, Analista de Suporte e Analista de Tecnologia da Informação, Arquiteto, Engenheiro Ambiental, Engenheiro Agrimensor, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Engenheiro de Segurança do Trabalho, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Floresta, Engenheiro Mecânico, Engenheiro de Produção, Engenheiro de Tráfego e Engenheiro sanitarista que exigem formação de nível superior”.

TABELA SALARIAL PROPOSTA (GRUPO GERAL)


TABELA SALARIAL PROPOSTA (GRUPO SAÚDE)

Fonte: Assessoria


Compartilhe agora